O inverno das Criptomoedas acabou e a primavera está sendo fantástica, o preço do Bitcoin está quase três vezes o valor da mínima registrada de USD 3.120 e todas as principais moedas que compõe o HASH5 estão com ganhos expressivos.

É nessa hora que é muito importante rememorar as lições aprendidas em 2017 para que você, que estava aqui conosco não faça de novo e para quem chegou durante 2018/19 não cometa os erros que podem ser evitados.

Lição número 1 – Não será linear e você não deve se desesperar com isso.

Não espere ver os preços dos Criptoativos irem somente para cima. Certo como o sol que vai nascer pela manhã, são os solavancos pelo meio do caminho. De 2015 a 2017 foram pelo menos uma dúzia de correções na ordem de 30% nos preços. A jornada de USD 300 até os USD 20.000 teve fortes emoções.

Se estivermos realmente no quarto ciclo, não será diferente, de tempos em tempos o preço vai soluçar para baixo e isso deve ser encarado com absoluta normalidade. No passado, cada susto desses nada mais foi do que uma perfeita oportunidade para comprar mais Criptomoeda.

Lição número 2 – Realize lucros. Dinheiro foi feito para lhe dar conforto.

Em 2017 o índice HASH5 multiplicou seu valor por aproximadamente 154x, ou seja, mais de 15.000%. Cada um precisa ter sua meta de lucro. Há quem se satisfaça com 10% e há quem queira reviver 2017. Independente do seu estilo pense desde já em quais são seus objetivos e uma vez atingidos, não deixe a ganância impedir você de realizar seu lucro.

A dor de perder quase tudo num novo estouro da bolha é muito maior do que a dor de cotovelo de ter deixado de ganhar caso a coisa toda continue subindo. Cada um tem um estômago e um apetite para o risco, ou seja, não terceirize essa decisão, defina os seus limites dentro da sua realidade e por favor, execute o plano.

Lição número 3 – O cemitério do mercado está cheio de daytraders…

Ninguém sabe o dia de amanhã. O preço vai subir? O preço vai cair? Não tente adivinhar o futuro e ficar entrando e saindo do mercado. As finanças comportamentais explicam que na média, você vai se empolgar com as altas e comprar cada vez mais e vai se desesperar nas baixas e vender em pânico.

Repita esse ciclo e você estará falido em poucas iterações.

Fiz um exercício aqui e retirei de 2017 os 15 dias de maior valorização do índice HASH5. Pasmem, excluindo esses 15 dias os ganhos caem de 154 vezes para 10,85 vezes no ano. Isso quer dizer que, se você estiver fora do mercado naqueles 15 dias do ano (aleatórios) em que o mercado dá uma porrada pra cima, você deixa o grosso do seu potencial de multiplicação em cima da mesa.

Não, nem o robô milagroso e nem o relatório pago da Empiricus vão lhe dizer quais são os dias das grandes porradas. Se você acredita no mercado, invista e espere sua tese se confirmar ou ter motivos para pular fora. Se você não acredita, nem entre.

Lição número 4 – Criptomoeda é um investimento de médio-longo prazo.

É um repeteco das lições 1, 2 e 3 num item só…

Somos todos usuários iniciais de uma tecnologia que fará 10 anos esse ano, em termos de investimento somos um mercado novo, desconhecido e imaturo. Essas características é que fazem das Criptomoedas um investimento super atrativo e com um imenso potencial de ganhos.

Dentro desse cenário, veremos muita, mas muita volatilidade. Haverá dias em que iremos ganhar 25% e haverá dias que vamos perder 30%. De zoom out no gráfico de preços e tenha paciência. Tem um ditado holandês que diz que “uma mão cheia de paciência vale mais que um tonel cheio de cérebros”.

Volatilidade faz parte da diversão, se você entender pra onde estamos indo no longo prazo você tende a ser recompensado com ganhos muito expressivos.

Lição número 5 – Se a oferta parecer boa demais para ser verdade…

Por ser um mercado novo, imaturo e não regulado, as Criptomoedas são um playgorund para golpistas e aproveitadores de plantão.

Em 2017 surgiram inúmeros esquemas prometendo ganhos absurdos e garantidos, uma porção de picaretas pagando “rendimento” sobre o seu Bitcoin, robôs de arbitragem, trade automatizado, etc etc etc… Lucro certo e garantido…

Não seja otário! Não seja ganancioso demais. Se a CVM proíbe empresas de investimento de garantir lucros que não sejam na renda fixa é porque NÃO é possível garantir lucros fora da renda fixa.

Semana passada apareceu um potencial cliente no suporte dizendo que o concorrente da HahInvest estava pagando 60% ao mês garantido em contrato. Vejam que esse santo graal dos investimentos transformariam R$ 100 mil em 8 bilhões em apenas 2 anos… Não é minimamente razoável.

O mesmo vale para as famigeradas ICOs e IEOs, que já explicamos bastante por aqui. Na dúvida, fique longe, bem longe das ofertas iniciais de projetos milagrosos.

Se a oferta lhe parecer boa demais para ser verdade é porque é bom demais para ser verdade.

Conclusão

Muito provavelmente estamos no início de um novo ciclo de valorização e o momento é bastante propício para novos investimentos em Criptomoedas. Nunca invista além do que você pode dar como perdido em ativos de risco, mas saiba que as chances de multiplicação são bastante grandes.

Conte com a HashInvest para cuidar do seu investimento em Criptomoeda e se nossa teoria se confirmar, os próximos 3 anos serão muito interessantes para o seu bolso.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin