Ao que tudo indica, estamos nos encaminhando para uma tremenda crise de liquidez no Bitcoin, em breve, vai faltar mercadoria.

Aproveite que nessa semana você tem diante de si uma oportunidade rara nesse confuso 2020 para você aumentar sua exposição ao Bitcoin e Criptomoedas.

O Bitcoin que subiu muito rapidamente de USD 9 mil para USD 12 mil e novamente de USD 12 mil para USD 15 mil parece que vai dar um refresco.

O Dólar que estava sendo martelado para cima consistentemente teve um alívio com a eleição de Joe Biden e a euforia com a vacina da Pfizer.

Voltando ao tema do texto, vamos olhar alguns dados do cenário recente.

A subida de preço do Bitcoin de USD 9 mil para USD 15 mil praticamente não chamou a atenção do varejo… Veja o gráfico do Google Trends e observe que nem se compara com o que vimos no passado.

Quem está comprando agora são as chamadas “Baleias”, grandes investidores, e há bons motivos para crer que sejam os investidores institucionais.

O número de carteiras BTC com mais de 100 moedas está em seu mais elevado nível da história. São compradores fortes que dificilmente movimentam suas moedas e essas carteiras já correspondem a praticamente 10% do total de BTC em circulação.

 

Já são mais de 16.250 carteiras com pelo menos USD 1,5 milhões.

No dia 6 de Novembro o JPMorgan, o banco que mais odeia o Bitcoin desde sua criação, soltou em seu relatório para clientes que o banc’ passou a observar que os investidores estão preferindo olhar para o Bitcoin como alternativa ao ouro, você pode passar os olhos nesse relatório nesse link aqui.

O Paypal está vendo uma demanda três vezes superior à planejada inicialmente para as operações de venda de Criptomoedas em sua plataforma.

Enfim, se você se assustou com a queda do dólar e do Bitcoin nessa segunda feira de Biden/vacina, observe pragmaticamente que na vida real nada mudou no cenário macro.

Com Joe Biden o FED vai imprimir dinheiro como nunca e provavelmente vai brincar de comprar ações… Talvez juros negativos. Aqui no bananal o Congresso vai jogar contra a nação e a favor dos amigos do Rei como sempre, ou seja, ao invés de se assustar, aproveite a pausa do Bitcoin e o refresco do dólar para aumentar sua exposição.

O Bitcoin é no momento o famoso “do contra”. Em um mundo onde se injeta liquidez infinita, se imprime dinheiro a rodo, se compra dívida de empresa falida para ela não sucumbir, existe um ativo cada vez mais escasso pronto para agir como um buraco negro que vai puxar para dentro de si todos esses excessos…

O que está se desenhando é um novo superciclo. Compradores institucionais estão drenando a liquidez do Bitcoin e em breve haverá escassez da moeda, muita procura e pouca oferta.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin