A semana que passou reservou fortes emoções aos mercados. A atual está começando em caos. Temos um vírus altamente contagioso, desconhecido e que trabalha com o instinto animal do ser humano. Toda vez que a vida humana é colocada em risco é difícil manter a racionalidade e reações extremas são naturais.

COVID-19 – A agulha que estourou a bolha.

Como tudo nos últimos anos, estamos vendo a polarização dos que torcem por uma catástrofe e os que dizem que o COVID-19 é “só uma gripe”. A realidade da situação é algo que garantidamente não sabemos. Ao passo em que as reações parecem exageradas, imagens vindas da China e da Itália aterrorizam, e independente do seu time, vamos descobrir em breve a real gravidade do problema, não é opcional.

O fato é que indústria chinesa parou. Durante os meses de Janeiro e Fevereiro, a parada da indústria Chinesa foi superior a 80%. A China é o grande fabricante de componentes (de tudo) do mundo. Pense na catástrofe infligida sobre as cadeias logísticas. Agora em Março, vejo os gestores de bolsa comedores de arco-íris falando “que a China já está 70% normal”.

Vamos analisar a ponta faltante, na mesma frase, 30% da China ainda está parada, e estamos no meio de Março. Já são 70 dias totalmente comprometidos na fabricação de componentes para a indústria mundial. Praticamente tudo hoje ou é “made in China” ou possuir grande parte de seus componentes “made in China”. Veja o que vai acontecer.

O prazo de entrega das cadeias logísticas sofisticadas (indústria eletrônica por exemplo, da qual posso falar com propriedade) é de no mínimo 90 dias, 180 por padrão e chega a 300 dias em alguns casos, ou seja, o pepino Chinês vais estourar nas linhas de produção a partir de Abril ou Maio, talvez um pouco mais a depender de navios em viagem e vai se intensificar muito. Lembre que 30% das indústrias ainda estão paradas e não se tem data para normalização. Vai faltar matéria prima. Fim, Não está em discussão.

Lembrando que a substituição de fornecedores na prática não é efetiva, pois no custo prazo todas as cadeias afunilam a poucas fontes de componentes, em geral, na China.

Até o momento falo apenas do impacto já causado. Agora vamos ao presente. Itália está em lockdown. Espanha, EUA e outras economias desenvolvidas seguem o script. Indústrias fechadas, restaurantes fechados, pontos turísticos esvaziados, liberdades individuais cerceadas. Na Itália, no dia 10/03/2020 foi anunciado que não haverá multa sobre hipotecas não pagas durante a quarentena. Mais países vão entrar nesse caos?

Por aqui a vida segue como se o COVID-19 fosse algo longe e distante. Bolsomínions na rua ignorando os avisos e o cenário internacional. Maia e Alcolumbre dizendo que isso é irresponsável ao passo que estavam na festinha de inauguração da CNN com mais de 1300 pessoas. Um patético faça o que eu digo e não faça o que eu faço.

Por conta do lockdown Chinês, o segundo maior bebedor de petróleo do planeta, a demanda pelo liquido preto caiu vertiginosamente. Em uma economia de mercado, menos demanda resulta em menores preços. A fim de segurar o preço do petróleo, a mando dos americanos, o país mais sensível ao preço do Petróleo mundial, os Árabes pediram na OPEP uma redução dos volumes de produção de petróleo. Ao melhor estilo garrincha, tentaram combinar com os Russos, que ao melhor estilo Bolsonaro, deram uma banana aos Árabes dizendo que, se quiserem produzir menos, produzam.

Começa assim uma guerra de preços de petróleo. O Árabe então resolveu responder com aumento de produção. Pronto, o barril de óleo caiu 30% em um dia e levou pânico as Bolsas. Em 09/03/2020 o pregão do Coróleo (Corona+Óleo) derrubou as bolsas ao redor do globo dando início a um zigue-zague de extrema volatilidade nos pregões seguintes. O custo de produção do barril Russo é USD 7, o custo de produção do Árabe é de USD 3. O custo de produção do Americano é de USD 41. O Barril foi a USD 30. Façam suas apostas.

Na sexta feira 13/03 Trump sinalizou uma redução de impostos sobre as folhas de pagamento e avisou que vai comprar petróleo para fortalecer os estoques. As Bolsas subiram como se o COVID-19 não existisse mais e como se a guerra de preços do petróleo tivesse acabado. Os últimos 20 minutos do SP500 e DJIA (os mais importantes índices americanos) fizeram um tremendo rally de fechamento. Tudo certo e a queda nada mais fora do que uma oportunidade de compra, só que não…

Na quarta passada O FED, Banco Central americano, cortou em 0,50% os juros por lá para aquecer a economia e nada, na verdade ninguém engoliu. Fazendo uma mais do mesmo e esperando resultados diferentes, nesse domingo 15/03 foi o dia de zerar os juros e prometer uma quantidade inimaginável de dinheiro para salvar bancos, grandes indústrias e Wall Street. Mais do mesmo nas bolsas. Banho de sangue e derretimento nos preços das ações no dia 16.

Jerome Powell – Presidente do FED tranquilo e feliz da vida…

O Bitcoin nesse meio de caminho vem vindo ladeira abaixo. A coisa que mais escuto é que estou errado na teoria de que o Bitcoin seria um seguro, que ele está caindo junto com as bolsas e quando a bolsa se recupera o Bitcoin não se mexe do lugar, que é um péssimo ativo.

O Bitcoin não vai andar em direção oposta às bolsas. Toda vez que há aversão ao risco a tendência é o Bitcoin (e todo o mercado de Criptomoedas) cair junto e até mesmo cair ainda mais, afinal, Criptomoeda é um investimento de risco. Em tempos de busca por segurança, as pessoas fogem dos ativos de risco.

O maior valor do Bitcoin é sua resistência à censura, ao autoritarismo e ao controle de capitais. Se você não entendeu isso ainda te peço desculpas pela minha incapacidade de explicar.

Ao contrário dos que os gestores bilionários comedores de arco-íris dizem por aí, dessa vez não foi mais um Joesley day. Dessa vez existe um problema de fundamento. Você ainda está na janela de oportunidade de vender suas ações enquanto é tempo.

Temos um caos contratado nas bolsas de valores mundiais quando o impacto da falta de componentes finalmente chegar às linhas de produção. Empresas que não produzem não faturam. Bolsas são em última instância, faturamento e lucro das empresas. Temos países desenvolvidos em Lockdown com economias literalmente paradas, congeladas.

Quanto tempo até que as empresas e as pessoas parem de pagar suas contas em dia? Existe como perdoar multas e juros sobre hipotecas para sempre? Existe modo de socorrer a todos os negócios assim como Trump está socorrendo alguns?

Enfim, existe a possibilidade real de que em algum ponto não muito longe de hoje algum grande banco europeu ou americano venha a cair assim como ocorreu em 2008? Qual será o tamanho do dano? Ninguém sabe. As atitudes do FED cheiram a desespero e pânico.

Se o maior banco central do mundo está em pânico… Tire suas conclusões.

A questão é que a depender do tamanho da bordoada, controle de capitais (limitar a quantidade de dinheiro que você pode sacar e movimentar) será inevitável. É nesse dia que o Bitcoin mostra seu valor. É contra esse tipo de coisa que o Bitcoin é um Hedge perfeito.

Infelizmente, limitar acesso aos bancos e tomar mais medidas esdrúxulas que eram impossíveis de se pensar há meros 10 dias atrás entram no rol das possibilidades. Acredite que você não vai querer ver para o que realmente serve o Bitcoin, mas seria de bom tom tê-lo para caso o pior se materialize.

Gosto de ações, mas no momento zerei minhas posições até que a normalidade se restabeleça. Você deve vender tudo e comprar Bitcoin? Não, obvio que não, apenas uma pequena parte, mas saiba que ele será uma das poucas formas de dinheiro livre caso a coisa fique feia de verdade.

O mercado do Bitcoin é tão pequeno e insignificante que basta uma economia desenvolvida cair (Itália por exemplo) para jogar seu valor para as máximas em questão de poucos dias. Apertem os cintos e posicione seus investimentos com inteligência.

Ainda dá tempo.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin