Primeiramente gostaria de me desculpar por me utilizar inapropriadamente do termo Guru. Guru é um termo com origem no sânscrito e significa “professor”. No hinduísmo, uma das religiões indianas, o termo é utilizado para designar um guia espiritual. O Guru é aquele que possui elevado conhecimento filosófico. No meu caso não tem nada de espiritual, apenas o significado direto de professor, mais especificamente com professores (sejam empresas ou pessoas) que ensinam como ganhar dinheiro fácil (principalmente através das redes sociais como YouTube, Instagram, etc…).

Na última semana tivemos uma queda na taxa de juros para 6% ao ano, a menor taxa da nova SELIC desde a sua criação em 1996. Isso significa que a farra de ganhar dinheiro com a renda fixa com o hipotético risk free (livre de risco) no Brasil está acabando ou já acabou (para o desespero de muitos poupadores). Nesses momentos aparecem os Gurus das finanças cheios de segredos, fórmulas mágicas ou cursos com sucesso garantido. Normalmente é aí que entra o marketing… Imagens de carros de luxo ou qualquer outro tipo de ostentação são frequentes. Frases como “mais de xx mil clientes satisfeitos” ou “retorno garantido de xx%” também costumam aparecer.

Cuidado, você também é ser humano e os bichos da nossa espécie tem uma tendência em deixar a ganância ludibriar o cérebro. Por mais que o coração bata mais forte, a mão comece a suar e a perna fique bamba (não estou falando do amor, apesar de também despertar adrenalina) muito provavelmente esta sua oferta mirabolante é fria ou fraude.

Seja fria ou fraude, pode ter certeza que o seu cérebro irá dizer depois: Eu te avisei… Deixe seu cérebro comandar, pode não fazer sentido no curto prazo, mas fará muito sentido no longo prazo. Sempre verifique se a oferta é lícita, se o profissional é habilitado e desconfie quando o marketing dominar. O mercado financeiro é altamente regulado e mesmo ativos não tradicionais devem respeitar as boas práticas de governança e não podem garantir retornos (além da renda fixa).

Devo pular da ponte? Claro que não. Diversifique a sua carteira de investimentos, adicione risco com ativos de baixa ou nenhuma correlação. Nada é garantido, mas no longo prazo uma carteira equilibrada certamente trará mais resultados e minimizará riscos comparado com qualquer fórmula milagrosa ou a boa e velha renda fixa.

Precisa de ajuda para adicionar um pouco de Criptomoedas na sua carteira de investimentos? A HashInvest está aqui para possibilitar o investimento de forma simples, segura e transparente.

Fonte: Imagem que circulou na internet durante a semana que passou.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin