Difícil o meio termo, geralmente o XRP desperta extremos de amor e ódio. Eu sou da turma do amor pelo XRP e em homenagem ao Swell, a conferência anual promovida pela startup Ripple anualmente para discutir Criptomoedas, pagamentos e blockchain, que acontece entre 1 e 2 de Outubro, vou dedicar o texto dessa semana a essa Criptomoeda.

Um pouco da História

A empresa por trás dessa Criptomoeda é a Ripple. Aberta em 2012 com o nome de OpenCoin, mudou de nome para Ripple Labs em 2013 e adotou o nome Ripple em 2016. Com a evolução e amadurecimento do mercado e principalmente para evitar a classificação do XRP como valor mobiliário pelo regulador norte americano, em 2018 a startup iniciou um esforço para que o mercado perceba o XRP (Criptomoeda) independente da Ripple (startup de tecnologia de pagamentos).

O XRP foi criado por Jed McCaleb (criador da primeira exchange de Bitcoin do mundo o MtGox) que vislumbrou um algoritmo de consenso sem a necessidade de mineração (o que o diferencia do Bitcoin).

Jed juntou-se a figuras hoje conhecidas no mundo das Criptomoedas como Chris Larsen (Pioneiro dos empréstimos online) e David Scharwtz (programador conhecido no mundo da criptografia com passagens pela NSA e grandes contribuições ao OpenSSL) entre outros para materializar a visão de Ryan Fugger (uma rede de pagamentos P2P baseado na emissão de créditos entre pessoas) e criar o chamado XRP Ledger, que vem a ser o blockchain equivalente da rede Ripple.

Jed brigou com o Ripple em 2014, ficou com uma porção de XRP e fundou o Stellar, basicamente um clone no XRP Ledger, hoje com vida própria tanto em novas funcionalidades como em estratégias e parcerias comerciais.

O XRP Ledger é uma rede P2P (Peer 2 Peer) com consenso descentralizado, capacidade de 50.000 transações por segundo (inicialmente 1500 TPS, recentemente atualizado para 50k), onde uma transação leva tipicamente 3 segundos para ser registrada.

O que é o XRP

É uma Criptomoeda. O XRP é um ativo digital nativo do XRP Ledger. Inicialmente foram criados 100 Bilhões de unidades do XRP e novas unidades não podem ser criadas. Hoje existe um pouco menos, porque cada transação feita com o XRP consome uma fração da Criptomoeda. Para ficar fácil de entender e explicar, considere que são 100 Bilhões de moedas.

Como principais características, é importante dizer que o XRP não possui contraparte, ou seja, o valor dele é atribuído única e exclusivamente a oferta e demanda, e o XRP trafega livremente pela XRP Ledger, não podendo ser congelado, confiscado ou bloqueado em nenhuma circunstância.

Porque o ódio pelo XRP

Ao contrário do Bitcoin que é minerado e tem sua emissão como prêmio ao minerador que trabalhou para validade das transações da rede, o XRP foi simplesmente criado. Seus criadores distribuíram as 100 Bilhões de moedas como bem entenderam e isso gerou muita revolta em parte da comunidade das Criptomoedas.

Isso fez alguns bilionários, entre eles Chris Larsen e o próprio Jed, que mesmo tendo deixado o projeto para trás, ficou muito rico.

Eu pessoalmente acredito que qualquer um é livre para criar sua própria Criptomoeda. Se o Ripple teve a capacidade e a competência para fazer com que o mercado valorizasse o XRP, mérito do departamento de marketing do Ripple.

Vale dizer também que além da enorme eficiência de confirmar as transações em 3 segundos, o XRP Ledger economiza milhões de dólares em energia elétrica quando comparados ao algoritmo de mineração do Bitcoin, o Proof of Work (PoW). Gosto muito do Bitcoin, mas é fato que o PoW remunera as companhias de energia que passivamente colhem os lucros do mercado de mineração. Nesse ponto o algoritmo do Ripple é muito mais esperto.

Finalmente, a moeda é tida contra os valores conceituais do mundo das Criptomoedas, isso por ter sido criada e mantido por uma empresa. Por esse motivo também, o XRP Ledger é acusado de ser centralizado. Isso é uma meia verdade.

Obviamente que durante os primeiros anos da rede, o Ripple foi sim a responsável por disponibilizar a maioria dos nós validadores (computadores que verificam as transações no XRP Ledger). Com o passar dos anos, a Ripple tem tido cada vez menos influência sobre os validadores, e hoje, a maioria desses nós são de responsabilidade de terceiros independentes.

Avançando nos mercados

Desde cedo a Ripple focou no mercado corporativo e bancário, visando facilitar o pagamento de remessas internacionais. Criou softwares de nível institucional. O Xcurrent e o Xvia são softwares para pagamentos internacionais, interconectando instituições e concorrendo com o Swift, até então o padrão para esse tipo de serviço. Os clientes que usam o Xcurrent e o Xvia passam a fazer parte da chamada RippleNet.

A cereja do bolo é o Xrapid, que promove a liquidação desses pagamentos através do XRP usando as exchanges ao redor do planeta. A genialidade do Ripple está em construir uma rede concorrente ao Swift (uma demanda já existente dos bancos e mal atendida pelo concorrente, com bugs, atrasos e suscetível a fraudes), alimentando o sólido e sustentável crescimento da RippleNet para posteriormente introduzir o uso do XRP.

A analogia que gosto de fazer (e se você é meu leitor já viu ela antes) é que a Ripple está construindo estradas para depois vender carros… Já são mais de 100 clientes entre grandes bancos e corporações fazendo parte da RippleNet.

A coisa cresce em espiral positiva. Mais bancos entram para a RippleNet, mais clientes da RippleNet adotam o Xrapid, maior a demanda por XRP, maior o interesse das exchanges em listar o XRP, maior o interesse dos investidores em ter XRP.

O preço do XRP teve seu pico na euforia de 2017, quando cada token chegou a valer mais de USD 3,20. Assim como todo o mercado de Criptomoedas, o preço caiu muito e chegou a USD 0,22 representando uma queda de 93% do ápice e hoje (01/10/2018) negocia na casa dos USD 0,55.

Ao contrário do que é pregado por muitos ditos “especialistas”, não é preciso odiar o XRP para amar o Bitcoin. São projetos complementares e não concorrentes e com grandes chances de conviverem muito bem no longo prazo, aliás, o XRP é uma das apostas mais promissoras para o longo prazo (5 a 10 anos).

Não posso dizer qual o preço certo, se é USD 0,01 ou USD 10,00 mas posso dizer que o projeto reúne estrelas de primeira grandeza no mundo das Criptomoedas, tem avançado de forma consistente no mercado e entrega valor aos seus clientes.

A HashInvest oferece investimentos em XRP em duas modalidades, seja na aquisição direta da moeda ou através do índice HASH5, do qual o XRP faz parte desde sua criação. Não perca a oportunidade de fazer parte de um dos melhores projetos do mercado.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin