Me irrita a mídia “especializada” e a legião de profetas do passado.

Basta um evento abrupto de preço que ratos saem dos ralos com suas explicações claras, e o pior, como se eles tivessem te alertado antes de acontecer (o que NUNCA é o caso).

Não é privilégio das Criptomoedas, o mesmo efeito “especialista explica a variação de 15% no preço do <insira o nome do ativo aqui>”, sejam ações, dólar, juros, etc etc etc.

Mas por que me irrita? Porque dá um falso conforto para o investidor, que na prática continua vendido na história, ou seja, esses caras estão deliberadamente te sacaneando.

Essa semana, o mercado de Criptomoedas deu uma derretida forte e houve certa tensão para ver qual seria a versão mais forte para a recente queda do mercado, em especial do Bitcoin…

Vamos ver a primeira manchete (escolhi o link da folha): “Bitcoin cai 10% após ataque hacker a Bolsa sul-coreana”

Primeiro, a turma saiu falando que o ataque hacker da Coinrail na Coréia do Sul gerou o pânico de mercado. Isso é muito, mas muito imbecil! É o equivalente a dizer que as ações do Itaú derreteram porque os investidores entraram em pânico após o assalto de uma agência do banco em Quixadá da Serra.

Como tiveram os profetas do passado que realizaram o absurdo da teoria número 1, foram para a teoria número 2: “Bitcoin desaba e criptomoedas perdem US$ 25 bi após estudo afirmar que disparada de 2017 foi manipulada”

Que o mercado de Criptomoedas é por muitas vezes manipulado não é segredo pra ninguém. É um mercado relativamente pequeno e poucos bilhões de dólares fazem estragos nos livros e na liquidez (tanto para cima quanto para baixo), mas o ponto que vou defender aqui é que a tal movimentação de Tether que de acordo com o referido estudo manipulou o mercado é uma constante que ocorre todo santo dia.

O que a mídia dos profetas do passado afirma é que a divulgação do estudo que “prova” a manipulação de mercado causou o pânico do mercado porque ninguém sabia disso… Hein?

Só não sabe disso quem ta fora desse mercado. Quem participa do mundo das Criptomoedas sabe muito bem das coisas boas e das coisas não tão boas, e sim, a existência de baleias (no jargão, o nome de quem tem muita moeda) que estão constantemente em conflito, levam o mercado para cima e para baixo, por vezes, de forma artificial.

O que me assustou é que o fato que realmente poderia ter feito algum efeito negativo no mercado foi ignorado pelos “especialistas”. A CFTC (órgão regulador americano) intimou as corretoras que atuam no mercado americano pedido dados de clientes e históricos de trades para ver quem manipulou o mercado para punir e agir.

E porque esse fato é diferente? Porque no mínimo, ao contrário das duas manchetes anteriores, faz algum sentido. Se eu sou uma baleia e a Exchange onde opero foi intimada a dar meus dados para o regulador do governo, é natural que eu entre no mercado vendendo o que tenho pelo preço que conseguir o mais rápido possível e garanta algum dinheiro no bolso.

Estou certo? Não sei, mas dentro de todos os fatos que estão sobre a mesa, esse é o de maior probabilidade de eventualmente ter influenciado o mercado para baixo.

Já escrevi para vocês que o cenário regulatório será o grande divisor de águas do mercado e pode acreditar no que estou falando (ansioso pela chegada do dinheiro institucional). O simples fato da SEC declarar o Ether como não sendo valor mobiliário (agora em 14/06) gerou um belo rebote no mercado, em menos de vinte minutos depois do anuncio as velas do tradeview estavam todas verdes. O tema da regulação deixa nervos à flor da pele.

Não apenas aqui nas Criptomoedas, tome muito cuidado com as manchetes que explicam o inexplicável. Os mercados são bichos complexos e o ser humano tem uma necessidade quase selvagem de arrumar explicações para tudo, por mais que não faça o menor sentido (Horóscopo?).

E porque você deveria acreditar muito mais em mim do que na Folha, no UOL e na Globo quando o assunto é Criptomoeda?

Primeiro que a asneira que foi publicada precisa fazer sentido, e sim, muita gente essa semana leu essas asneiras e absorveu como sendo verdade, mesmo sem fazer o menor sentido. Portais genéricos com notícias eventuais (geralmente negativas) sobre as Criptomoedas devem ser solenemente ignorados.

Segundo por uma coisa que Nassim Taleb, um dos papas do pensamento contemporâneo descreveu como “Skin in the game”, ou seja, pele em jogo, ter algo a perder. Eu vivo disso, vivo das Criptomoedas, são elas que pagam a escola da minha filha, eu sou obrigado e ler, estudar e tentear desvendar os mistérios no mercado. Para meu próprio bem é bom que eu ao menos tente saber o que está acontecendo. O jornalista do portal não tem a pele em jogo…

Terceiro que se você quer entender o mínimo do mercado de Criptomoedas, você precisa ler (todos os dias) o Coindesk, o Cointelegraph e o CCN, interpretar e filtrar (sim tem muita bobagem lá também), acompanhar os preços e os volumes durante o dia no Coinmarketcap e ficar de olhos bem abertos com o Twitter. Dessa forma você começa a ter um bom indicativo do que está acontecendo.

Eu faço isso como rotina, e se você não tem tempo (ou paciência) para isso e quer capturar a grande oportunidade desse mercado, venha de HASH5 e me dê seu voto de confiança, tenho muito a perder se o HASH5 der errado nos próximos 5 a 10 anos.

Então, por que o preço do Bitcoin está caindo? Não sei ao certo. Ninguém sabe.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin