Existe luz no fim do túnel. E não é do trem. Mas muita calma nessa hora… sem expectativas de prazos no horizonte que os olhos possam ver. Entretanto, apenas o fato de CVM e Banco Central sinalizarem que estudam normatizar/fiscalizar investimentos em Criptomoedas no Brasil é bastante animador.

Na semana passada, em um evento sobre mercado de capitais e inovações tecnológicas, o Presidente da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), Sr. Marcelo Barbosa, anunciou que a instituição e o Banco Central estão debatendo e estudando formas de regularem novas modalidades de investimentos no Brasil para dar algum conforto aos investidores que decidirem aproveitar oportunidades a partir destes ativos, entre eles investimentos em Criptomoedas.

“A nossa postura é de conhecer o papel fundamental que a inovação tem, mas, ao mesmo tempo, de sermos cuidadosos para garantir que as informações necessárias para os investidores sejam divulgadas” declarou Barbosa. Porém, “não é algo para ser concluído, é uma discussão em andamento. […]. Não é um projeto que vai ser concluído na data tal” completou.

O fato é que o assunto está em pauta e isso é importante. A sinalização que caminhamos em uma direção de permitir fundos de investimentos participarem da Criptoeconomia é um grande avanço. Também podemos interpretar esta sinalização como uma minimização do risco regulatório para as operações vigentes da HashInvest.

Hoje a HashInvest oferta apenas o serviço de administração de carteiras individuais uma vez que o Bitcoin e demais Criptomoedas não são considerados valores mobiliários. Atualmente são vedados pela Autarquia investimentos coletivos em Criptomoedas (como por fundos de investimentos ou clubes de investimentos, por exemplo).

Nós, da HashInvest, vemos com excelentes olhos uma normatização e regulação que venha a trazer mais segurança e transparência para todos os envolvidos. Inclusive, apesar de no momento a HashInvest não ter nenhuma obrigação regulatória, a empresa conta com uma governança equivalente à de uma Gestora de Recursos de Valores Mobiliários e é a única empresa do setor de Criptomoedas no Brasil a contar com uma empresa de auditoria externa independente para a realização de relatórios de Asseguração de Saldos.

Já nos oferecemos mais de uma vez à CVM para contribuir neste debate. Ainda não abriram as portas para nós, mas a sinalização de que já estão diminuindo as suas trancas é um excelente início.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin