Importante antes de começar a narrativa dessa semana, que para efeitos dessa newsletter, o que me interessa é o retorno sobre o investimento, valorização dos ativos e dinheiro no bolso do acionista/investidor. Hoje não vou discutir se o produto x ou y é revolucionário.

Idolatrar estátuas, sacrificar virgens em nome de nossos deuses ou simplesmente ficar histérico pela simples presença “do ídolo” em determinado lugar.

A história da humanidade se desenvolveu de modo a criar e fabricar heróis. No mundo dos investimentos é quase obrigatória a adoração a determinadas instituições e há de quem achar ruim.

Vamos começar pelo Warren Buffet, o “Oráculo de Omaha” e Sr. dos investimentos no mundo. E seu eu contar que, o Óráculo não é tão bem calibrado que nem nos contam na mídia especializada. Veja o Grafico abaixo.

Agora pergunto: quantos de vocês sabem que historicamente o “Oráculo” entrega aos seus acionistas menos resultados que um ETF (investimento em índice) que reproduz o SP500 (índice que acompanha o crescimento da bolsa americana).

Mais um gráfico para desafiar nossos heróis e agora, cutucando a onça com vara curta, Steve Jobs, Mark Zukerberg, Larry Page, Sergey Brin e Jeff Bezzos de uma única vez:

Pois é, a Dominos Pizza (sim, aquela pizzaria bem meia boca que entrega duas pizzas pelo preço de uma nas terças-feiras) entregou muito, mas muito mais valor aos acionistas que os ícones da tecnologia.

O que dizer de Elon Musk e seus ataques de soberba da semana passada. O cara consegue colocar um foguete carregando um carro no espaço e não consegue entregar carros vendidos no prazo.

Aqui no Brasil, nosso Abílio Diniz, genial quando comandando o Pão de Açúcar não conseguiu usar seus poderes mágicos quando esteve à frente da BRF.

Também semana passada Nouriel Roubini, “o gênio” que previu a crise de 2008 estava na mídia destruindo o Bitcoin. Quem pesquisar um pouco vai concluir que Roubini passou a vida profetizando o apocalipse, ou seja, qualquer crise que viesse ele teria acertado. A piada no twitter é que Roubini previu 13 das últimas 2 crises na economia.

Não quero desmerecer o trabalho de nenhum dos citados. Todos são expoentes e são brilhantes. São pessoas de extremo sucesso em suas jornadas e muito mais bem-sucedidas que o autor que vos escreve. O que quero criticar aqui é a supervalorização e mistificação dessas figuras como se fossem heróis de fato.

É da nossa natureza. O problema aqui é o chamado “survivorship bias”, ou seja, ignoramos quem morreu no caminho (a grande maioria) e endeusamos exceções como se fossem regra, atribuindo a essas figuras superpoderes que de fato não existem.

Eu aqui destruindo os nossos heróis quando deveria falar de Criptomoeda… Por dois motivos.

O primeiro (e menos importante) é só um lembrete para você tomar cuidado com os heróis fabricados pela mídia no mundo dos investimentos. Saia correndo daquele analista esperto que vai te contar qual é o “próximo Bitcoin” e te cobra pelo relatório. Acredite, se ele soubesse ele não ia te contar.

Essa turma ganha muito dinheiro para te vender esperança e não perde nada quando você fica no prejuízo. Pois é, é triste, mas não dá para saber o que vai acontecer amanhã. Não se iluda.

O segundo motivo, e esse sim importante, é porque existe um herói que não fui capaz de desconstruir, Satoshi Nakamoto. Ele nos entregou nos últimos 8 anos uma valorização de nada menos que 11.000 % (ONZE MIL PORCENTO).

Dorian Nakamoto, vítima de jornalistas por supostamente ser Satoshi

Satoshi é uma figura criada pelo (ou pelos) criador (ou criadores) do Bitcoin. Ele tem como data de nascimento o dia em que o governo americano confiscou todo o ouro em posse dos investidores nos Estados Unidos.

A criação de uma entidade como Satoshi Nakamoto é de uma genialidade sem precedentes na história: se Satoshi Nakamoto não existe (é uma personagem), não há quem processar, não há quem censurar, não há quem responsabilizar.

Se o Bitcoin é bom ou ruim… não vem ao caso (prometi não julgar o valor das invenções para poder colocar o Iphone no mesmo gráfico das pizzas). O que vem ao caso é que ele é imparável.

Derivando do raciocínio de Dave Bradley, um australiano entusiasta do Bitcoin nas redes sociais, caminho para a minha conclusão.

O que aconteceu é que os governos ficaram dormindo enquanto surgia uma nova tecnologia que não pode ser parada por eles. Satoshi deixou para trás um projeto sem clamar pelos seus bilhões de dólares a que tinha direito e ao proteger sua identidade protegeu suas ideias.

Provavelmente por esse motivo, centenas de mentes geniais ao redor do planeta abraçaram a ideia do blockchain.

No mundo dos investimentos, os verdadeiros heróis são como Satoshi Nakamoto ou como J. Patrick Doyle (CEO do Dominos Pizza), não precisam estar na moda ou podem até se dar ao luxo de serem anônimos.

A criação de valor que Satoshi promoveu foi heroica e não acontece todos os dias. Lembre-se que estamos apenas no começo dessa era.

Compre Bitcoin e Criptomoeda porque eles podem ser a grande oportunidade de nossas vidas.

Obs: Este artigo é uma réplica da Newsletter da HashInvest disponibilizada por e-mail e publicada aqui com alguns dias de defasagem. Quer receber a Newsletter na íntegra? Assine inserindo o seu e-mail abaixo:

Assine a nossa newsletter
Receba o conteúdo que interessa para o investidor em Criptomoedas!
Obrigado por assinar a nossa newsletter!
We respect your privacy. Your information is safe and will never be shared.
Don't miss out. Subscribe today.
×
×
WordPress Popup Plugin